Expediente

A Revista Rosa, ISSN 2764-1333, é editada em S. Paulo/SP, Brasil, com periodicidade de dois volumes por ano. Cada volume contém três números, com possíveis números especiais, hors-série.

Corpo editorial

conselho editorial
Arthur Hussne, Carla Rodrigues, Cícero Araújo, Daniel Golovaty, Douglas Rodrigues Barros, Fernando Rugitsky, Lucas Figueiredo Silveira, Manoela Miklos, Marcela Vieira, Marcelo Coelho, Marina Bedran, Nicolás Llano, Ruy Fausto (em memória), Tâmis Parron.
revisão e secretaria
Lucas Figueiredo Silveira
design e edição de arte
Wallace V Masuko
implementação e diagramação
Caio Polesi

Arthur Hussne

Formado em história pela USP, graduando em direito na mesma instituição. Professor de filosofia e sociologia.

Caio Polesi

É mestre-artesão nas artes da imagem, do som, do tempo e do movimento. Diretor da Peripécia Filmes.

Carla Rodrigues

Professora de ética no departamento de filosofia da UFRJ, pesquisadora do programa de pós-graduação em filosofia no Instituto de Filosofia e Ciências Sociais (IFSC/UFRJ) e bolsista de produtividade da Faperj. Estuda teorias feministas, notadamente a partir da obra de Judith Butler, conjugando questões de gênero com formulações críticas à violência colonial e suas atualizações no neocolonialismo. É coordenadora do laboratório Filosofias do Tempo do Agora (Lafita/CNPq), onde estão articuladas rede de pesquisadores/as em torno de temas da filosofia política contemporânea.

Cícero Araújo

Professor titular de teoria política do Departamento de Ciência Política, Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas — FFLCH/USP.

Daniel Golovaty

Bacharel em história pela USP. Foi membro do movimento pacifista Paz Agora. Foi editor da Revista Fevereiro. Formado em psicanálise, atendeu na clínica aberta da Casa do Povo e atua em clínica particular.

Douglas Rodrigues Barros

É doutor em ética e filosofia política pela Unifesp, escritor, ensaísta, autor dos livros Lugar de negro, lugar de branco? Esboço para uma crítica à metafísica racial (editora Hedra) e Hegel e o sentido do político (editora LavraPalavra).

Fernando Rugitsky

Professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP) e pesquisador principal do Mecila (Maria Sibylla Merian Centre Conviviality-Inequality in Latin America). É doutor em economia pela New School for Social Research (EUA), mestre em direito econômico pela USP e bacharel em direito e em economia pela mesma instituição. Em 2020, esteve em Cambridge (Reino Unido), como visiting scholar do Centre of Latin American Studies da Universidade de Cambridge.

Lucas Figueiredo Silveira

Graduando em letras pela USP. Teve textos publicados no Brasil e em Portugal. Traduz do francês e do catalão.

Manoela Miklos

É mestre e doutora em relações internacionais, especialista em direitos humanos, estudos de gênero e segurança pública. É ativista feminista, apresenta o podcast Novo Normal, fundou o coletivo feminista Agora É Que São Elas e escreve sobre gênero, direitos e política e colabora regularmente com a Folha de S. Paulo, a revista Veja, o coletivo de jornalismo independente Mídia Ninja e o portal feminista latino-americano Nómada, dentre outros.

Marcela Vieira

Formada em letras pela USP, fez mestrado em tradução na Universidade Paris 8. É tradutora, ex-editora da Revista Fevereiro e cofundadora e curadora do site de arte aarea. Atualmente faz doutorado em cotutela entre a USP e a Paris 8 e estuda a importância da tradução da obra de Marquês de Sade no século XXI.

Marcelo Coelho

Mestre em sociologia pela FFLCH-USP e articulista da Folha de S. Paulo. Escreveu, entre outros, Crítica Cultural: Teoria e Prática (Publifolha), Montaigne (Publifollha), Patópolis (Iluminuras) e Jantando com Melvin (Iluminuras).

Marina Bedran

É professora de literatura e cultura lusófona no Departamento de Línguas Modernas e Literatura da Johns Hopkins University, doutora em espanhol e português pela Princeton University e mestre em teoria literária e literatura comparada pela USP.

Nicolás Llano

Doutor em ciências da comunicação (Universidade de São Paulo). Atuou como pesquisador internacional na Universidade de Copenhagen (Dinamarca, 2014–2015) e participou do curso Code Societies na School for Poetic Computation (New York, 2018). Autor de 5-5 (Salvaje, Bogotá), incluído como parte do componente editorial do 44º Salão Nacional de Artistas (Pereira, Colômbia). É um dos editores do livro Antropologia & Comunicação (Indo, 2014). Colabora com diferentes publicações artísticas e culturais: ExtraExtra (Holanda), Letras Libres (México), Matera (Colômbia).

Ruy Fausto (1935–2020)

Professor emérito da USP (filosofia), doutor de Estado pela Universidade de Paris I e ex-maître de conférences da Universidade de Paris 8, é autor de vários livros de filosofia e de política, em português e em francês, entre os quais Sentido da dialética (Marx: Lógica e Política), (3 vols: Brasiliense, 1983, 1987; ed. 34, 2002: reed. Vozes, vol I, 2015), e Caminhos da esquerda, elementos para uma reconstrução, Companhia das Letras, 2017.

Tâmis Parron

Professor do Instituto de História da UFF, membro do Centro UFF sobre desigualdades globais e integrante da Cátedra Unesco sobre desigualdades sociais e globais. Estuda as relações históricas entre liberalismo, escravidão e economia mundial capitalista pelas perspectivas da sociologia histórica, da teoria crítica e da história conceitual. É autor de A política da escravidão no Império do Brasil (Civilização Brasileira, Prêmio Jabuti em Ciências Humanas) e coordenador da coleção Narrativas da escravidão (Hedra, eleita para o PNLD 2021). Foi Volkswagen Fellow em Harvard (2016–2017).

Wallace V Masuko

É artista. Doutorando em artes visuais pela Universidade de São Paulo.